O Pilates para gestantes surge como uma técnica importante na vida da futura mamãe. Saiba quais são os benefícios desta técnica para a mamãe e para o bebê e como praticar, contudo sempre acompanhado por um profissional.

Pilates para gestantes em Curitiba

pilates para gestantes curitiba

O Pilates é uma atividade física que tem diversos benefícios para o corpo e para a mente das pessoas. Durante a gravidez, o Pilates também pode ser extremamente benéfico e deve ser praticado regularmente .

Exercícios de Pilates para gestantes

exercicios de pilates para gestantes

O pilates é uma excelente atividade para o corpo e para alma que traz muitos benefícios, inclusive para mulheres grávidas. Por isso, se você está nessa fase tão delicada é ideal fazer exercícios de pilates para gestante.

Pilates para gestantes, uma excelente decisão

Ao engravidar, o corpo de uma mulher passa por diversas transformações, causando, muitas vezes, alguns desconfortos em relação à sua saúde. Isso acontece não só pelas novas emoções pelas quais a gestante passa no momento, mas também por conta de todo um movimento hormonal que acontece durante a fase de gestação: nos três trimestres.

Já existem estudos que comprovam que a prática de exercícios físicos durante a fase pré-parto e pós-parto é uma ótima maneira para amenizar os desconfortos. E, nesse sentido, uma das práticas de exercícios bastante recomendada é o Pilates, que ajuda não só a amenizar as dores, mas também promove diversos benefícios, conforme veremos a seguir.

Pilates na gestação, benefícios para mãe e filho

De início, pode-se dizer que os benefícios do Pilates para as gestantes são inúmeros, pois se trata de um método que ajuda em todo o processo de gestação e pode ser personalizado, isto é, orientado para a realidade de cada gestante.

Segundo Nanny Sevilla, reconhecida instrutora de Pilates para gestantes a nível internacional, o Pilates promove os seguintes benefícios as gestantes e aos seus bebês:

  • A prática de Pilates ajuda a gestante a manter uma boa e adequada postura. Com isso, o Pilates fortalece a região cinturão abdominal da mamãe, dando-lhe forças para suportar o sobrepeso, e trabalha a postura da gestante para evitar dores na região lombar, zona onde há maiores queixas por parte das mamães;
  • De um modo geral, a prática de Pilates reduz as dores em todo o corpo, como nas costas, onde há mais sobrepeso por conta do bebê;
  • Melhora a qualidade do sono da gestante, elevando, portanto, a sua energia. Muitas vezes, por conta do desconforto que é gerado com o sobrepeso, a mamãe não consegue dormir direito, assim o Pilates surge como uma solução;
  • O Pilates contribui para fortalecer a zona pélvica e os músculos aí situados, ajudando a mamãe a obter maior controle sobre esta região essencial ao parto;
  • Aumenta a capacidade física da gestante, fazendo com que ela alcance maior agilidade e resistência face aos momentos da gestação;
  • O Pilates ajuda a mamãe a respirar melhor, de forma profunda e controlada. Isso não só ajuda a gestante durante o período de gestação, mas sobretudo na hora do parto;
  • Melhora a circulação sanguínea da gestante, agindo consequentemente como um irrigador de sangue que é capaz de proporcionar equilíbrio por todo o corpo;
  • Melhora o humor e a felicidade da mamãe, uma vez que os movimentos do Pilates promovem relaxamento e alongamentos que fazem com que ela se sinta aliviada e menos exausta;
  • Possibilita sentimentos de pertencimento e fraternal, o que é maravilhoso, pois a mamãe não se sente só e pode facilmente conversar e comparar suas experiências com outras mamães grávidas durante as sessões de Pilates;
  • No pós-natal, o Pilates traz excelentes resultados para o corpo da mamãe, proporcionando uma recuperação rápida e devolvendo o seu corpo em menos tempo, o que pode melhorar não só a sua estética, mas também a sua autoestima;
  • Possibilita que o bebê cresça de forma adequada no útero, uma vez que o Pilates ajuda a gestante a controlar o seu peso;
  • Permite que o bebê sinta a tranquilidade da mamãe, uma vez que o Pilates promove justamente isso, deixando a gestante aliviada, feliz e disposta.

Exercícios de pilates na gravidez

Geralmente, os exercícios de pilates na gravidez são divididos levando em consideração as fases da gestação, conforme podemos ver a seguir:

Primeiro trimestre de gestação

Nesta fase, recomenda-se exercícios cautelosos e que possam fortalecer a musculatura da gestante. Assim, deve-se focar em exercícios como flexão de tronco, pois eles ajudam ajudar a fortalecer a região pélvica e o abdômen.

Segundo trimestre da gestação

Nesta fase, a mamãe já está disposta e preparada para fazer exercícios mais trabalhados. Neste momento, recomenda-se a extensão de membros como joelho, perna e pé. Pode-se usar equipamentos para auxiliar na execução dos exercícios, como bola e Cadillac.

Terceiro trimestre da gestação

Nesta fase continua-se a desenvolver atividades para fortalecer a musculatura da gestante para o grande dia: o parto. Além de continuar os exercícios para fortalecer regiões essenciais para o parto, recomenda-se preparar e tranquilizar a gestante em relação ao parto normal.

É importante saber que não é aconselhável à gestante praticar exercícios físicos sozinha, sobretudo na metade da gravidez, pois neste momento, com o crescimento do útero e da barriga o seu equilíbrio fica alterado.

Certamente isso também lhe interessará:

 

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 5/5 (1 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário